A destruição estética da Bauhaus

arquitetura-modernistaColhi, na internet, para deixar como protetor de tela em meu computador, várias imagens de construções belíssimas, clássicas e antigas, que valorizavam cada detalhe de beleza arquitetônica. Logo depois, vi um filme que se passava na Alemanha, dando ênfase a diversas locações modernistas, e o contraste foi perturbador. Naquele momento, tive a percepção clara de que a destruição causada pela Bauhaus foi muito mais profunda do que a mera decadência estética; foi uma violência praticada diretamente contra a alma humana. Sustentada por uma ideologia ressentida, que tinha como obsessão o combate a um inimigo idealizado, chamado burguesia, a escola alemã envenenou centenas de alunos com um olhar distorcido em relação à beleza e a utilidade. O resultado foram os monstrengos deprimentes que até hoje emporcalham a paisagem das grandes cidades.

Deixe uma resposta