A hipocrisia na concessão de direitos trabalhistas

Não há nada mais hipócrita para um governo do que arrogar-se no direito de receber os louvores por algum benefício trabalhista concedido por meio de lei. Simplesmente, porque tal direito não custa absolutamente nada para ele. Pelo contrário, a cada verba a mais paga ao trabalhador, mais valores são pagos em impostos em favor do governo. E enquanto este leva os louros pelas benesses distribuídas, quem realmente as paga é o empresário. Este, sim, é quem arca com todos os ônus dos direitos concedidos indiscriminadamente. E enquanto governo ouve os agradecimentos e os trabalhadores comemoram, de fato, muitos desses direitos concedidos, por, obviamente, aumentarem ainda mais os custos das empresas, causam, na verdade, um prejuízo aos consumidores, que têm esses custos repassados para os preços e, principalmente, em tempos de crise, um problema aos próprios trabalhadores, que têm suas ofertas de empregos diminuídas. O único que não perde é o próprio governo que, além de levar a fama, ainda arrecada mais com a legislação que impõe.

Deixe uma resposta