Certeza e estagnação

Em muitas das decisões que tomei na vida, só senti paz quando elas de tornaram irrevogáveis. Enquanto estava naquela fase, quando ainda é possível voltar atrás, teve vezes que chegou a doer o estômago de tanta dúvida e medo.

No entanto, tenho plena consciência de que se for esperar ter certeza absoluta para fazer tudo o que eu preciso, quase nada será concretizado. 

O fato é que quem depende da paz para agir, não está pronto para a realidade da guerra que é a vida. Quem precisa da certeza para tudo, a única certeza que terá é a sua própria estagnação.
Publicado no Vida Independente

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page

Comments

comments

Deixe uma resposta