Natureza de mentirinha

Pessoas urbanas sempre reclamam que precisam ter mais contato com a natureza. Até o filósofo Mário Ferreira dos Santos vivia suspirando por uma vida mais bucólica. Só que a ideia de natureza dessa gente está bem longe de sua verdadeira essência.

Para o homem urbano, natureza é um jardim florido, umas árvore frondosas, no máximo, um riacho perto de casa – claro, tudo bem cercado pelo conforto e segurança que o mundo civilizado lhes oferece. Ninguém quer meter-se em meio a mata cerrada, junto a cobras, lagartos e lobos. Ninguém quer comer raiz ou ter de matar e devorar algum bicho estranho para sobreviver.

Na verdade, ninguém quer natureza coisa nenhuma. Quer só um adorno para seu delicioso mundo de vidro e concreto.

Deixe uma resposta