O politicismo integral brasileiro

Quando José Ortega y Gasset criticava o politicismo integral, que ele mesmo definia como a absorção de todas as coisas e de todo o homem pela política, ele sequer imaginava a existência de um classe política e um jogo político como do Brasil atual. O que temos aqui está em um nível muito abaixo do que qualquer pessoa de bom senso pode imaginar. Se pensar apenas em política, no tempo do escritor espanhol, já indicava um tipo de vida inferior, ter a política brasileira como a única preocupação da existência só pode levar a pessoa às raias da imbecilidade.

Deixe uma resposta