O uso da generalização é um artifício inteligente

Constantemente, me deparo com reclamações por causa de alguma generalização feita por alguém. O protesto sempre se dá no mesmo sentido: a de que a generalização é injusta, pois nem todas as pessoas se encaixam na descrição proposta. Por exemplo, alguém diz que os políticos estão sempre buscando seus interesses e logo vem outra pessoa…

A crença na liberdade absoluta e os males do nosso tempo

É um erro pensar as coisas de maneira abstrata, apartadas de sua relação com a vida real, com a experiência de cada um. Apesar disso, este é um equívoco bastante comum, principalmente em estudiosos de disciplinas humanas, como a Filosofia, a Sociologia e, também, a Teologia. Aliás, pensar por meio de palavras, como designava Jules Payot, é…

Olavo de Carvalho: uma dívida intelectual incontestável

Uma DÍVIDA INTELECTUAL se torna evidente quando o pensador percebe que suas próprias ideias, ao tentar rastreá-las até sua origem, esbarram nos ensinamentos de seu mestre. Chega a ser assustador – e para os mais vaidosos, irritante, perceber que suas próprias palavras não se parecem mais que comentários repetitivos do que o professor falou. Isso…

A chegada da maturidade para quem produz alguma obra intelectual

Existe um momento na vida do artista, do intelectual e do escritor que pode ser considerado o limiar da maturidade e a despedida da meninice. Talvez não seja bem um instante, mas o resultado de um progresso que, em algum momento, se torna evidente para ele. É quando ele começa a ansiar pela crítica, quando deseja…