PENSAR COM OS INTESTINOS

Quem busca compreender bem alguma coisa, não pode confrontá-la com sentimentalismo, nem com paixão exacerbada.

Sentimentos e paixões levam a reações que simplificam a realidade, apagando as sutilezas e as nuances que nela existem.

Por isso, quando a pessoa se indigna, de forma exacerbada, diante de algum assunto, a tendência é ela não perceber as minúcias que envolvem aquilo contra o que se levanta.

Enfrentar qualquer assunto tomado de emocionalismos só atrapalha a compreensão do que quer que seja.

Pensar com os intestinos emburrece.


Deixe uma resposta