Quem nega a manipulação?

ManipulaçãoA despeito de todas as evidências, basta alguém afirmar que o mundo de hoje está tomado por manipulações e ações invisíveis que logo é taxado de adepto de teorias da conspiração. As pessoas não se sentem à vontade com aqueles que trazem à tona realidades inconvenientes e que, sabidamente, estão além da capacidade do cidadão comum de controlá-las. Este é um mecanismo de defesa até compreensível, mas que não justifica a ausência de bom senso.

Negar que haja manipulação na sociedade atual é mais difícil do que aceitar tal fato. Basta pensar que as técnicas manipulatórias estão sendo desenvolvidas há quase um século e que seria de uma ingenuidade infantil acreditar que a posse desse conhecimento não seria usada em favor dos poderosos.

Observem como logo que uma técnica psicológica é descoberta ou desenvolvida, ela é absorvida no comércio e no marketing e rapidamente começa a ser aplicada para o lucro. Este é um movimento previsível e natural. Quando um conhecimento fica disponível, não há como controlar que tipo de uso será dado para ele. Sendo assim, o que faz pensar que outros usos não seriam dados para esses mesmos conhecimentos?

Na verdade, seria impensável imaginar que conhecimentos tão poderosos ficassem espontaneamente seguros nas mãos de profissionais responsáveis apenas. É mais que evidente que a partir do momento que se sabe como persuadir, induzir, condicionar, dirigir e manipular, que pessoas com intenções malévolas também façam uso disso em favor de seus planos.

O desenvolvimento das técnicas de manipulação psicológica se encontra em um estágio muito mais avançado do que a maioria das pessoas sequer consegue imaginar. E obviamente isso está sendo usado a favor de muitos interesses, principalmente daqueles que têm poder e dinheiro para aplicá-las. Ou alguém acredita que possuindo tamanho poder em suas mãos eles teriam algum escrúpulo para não aplicá-lo em favor de seus interesses?

Uma coisa é negar que existam tais técnicas. E isto me parece absurdo diante da farta documentação que mostra não apenas como elas foram descobertas e desenvolvidas, mas também como vêm sendo aplicadas largamente por aí. Outra coisa é acreditar que estão apenas sendo usadas para o bem. E crer nisto é a demonstração mais evidente de inocência, senão mesmo de estupidez.


Deixe uma resposta