Certeza e estagnação

Em muitas das decisões que tomei na vida, só senti paz quando elas de tornaram irrevogáveis. Enquanto estava naquela fase, quando ainda é possível voltar atrás, teve vezes que chegou a doer o estômago de tanta dúvida e medo. No entanto, tenho plena consciência de que se for esperar ter certeza absoluta para fazer tudo o que eu preciso, quase nada será concretizado. O fato é que quem depende da paz para agir, não está pronto para a realidade da guerra que é a vida. Quem precisa da certeza para tudo, a única certeza que terá é a sua própria estagnação.

Publicado no Vida Independente

A certeza dos relativistas

Há uma confusão que reside na mente de alguns iluminados que se consideram exemplos de fé inabalável: entender o vacilo do outro como relativismo. Insensibilizados pela própria arrogância e confundidos pela própria ignorância, acusam quem mostra algum tipo de hesitação, tipicamente humana, de serem propagadores de relativismo. No entanto, relativismo não se confunde com dúvidas ou vacilos de fé. Enquanto estes se manifestam por situações relativas à experiência, como algum tipo de frustração ou pessimismo, o relativismo caracteriza-se por uma certeza intelectual: a de que tudo é relativo. Continue lendo