Descaso geral

Todos estão usando a tragédia do Museu Nacional que, em um incêndio, foi completamente destruído, para fazer seus discursos políticos. Sacam desavergonhadamente seus megafones para vociferar sua repentina indignação, despertada pela ardência do fogo, em cima do cadáver. 

No entanto, enquanto o moribundo gemia, corroído pelas traças do esquecimento que, pouco a pouco, o condenavam, quase nada ouvimos falar dele e de suas enfermidades. Nem mesmo de seus méritos e virtudes. 

Portanto, o descaso não é apenas governamental; é da sociedade mesmo. Se o Estado não valoriza a cultura e o conhecimento é porque o povo despreza-os em proporções ainda maiores.