Toda exaltação do indivíduo, por alguma conquista sua, quando feita com indicação da raça ou gênero dele, sugere, subliminarmente, que pertencer àquela raça ou gênero significa, de alguma maneira, inferioridade ou, pelo menos, que a conquista não é esperada para alguém do seu tipo. Se a pessoa diz que "fulano, negro, passou em primeiro lugar no concurso público" ou "sicrana,…
Continue lendo